Mancha Solar é um dos personagens de “Novos Mutantes”, que antes do coronavírus estrearia em abril. Veja outros tupiniquins que já deram as caras nos gibis.

Mancha Solar

SI_414_Playlist_Mancha_Solar

Identidade: Roberto da Costa

Editora: Marvel

Herdeiro milionário, foi o primeiro personagem {brasileiro} da editora. Consegue chupar a força solar e metamorfosear em força. Já foi líder de uma equipe dos Vingadores.

Queima

SI_414_Playlist_Fogo

Identidade: Beatriz Bonilla da Costa

Editora: DC

Nascida em uma tribo indígena, chefiou a filial brasileira das Indústrias Wayne. Ela já apareceu em um filme para TV da Liga da Justiça em 1997 – tão ruim que você provavelmente nem viu.

A Conjuradora

SI_414_Playlist_Conjuradora

Identidade: Nina

Editora: Marvel

Surgiu em uma HQ do Doutor Estranho que reuniu Magos Supremos de diferentes épocas (ela veio dos anos 1950). Outros feiticeiros do grupo: Merlim e Isaac Newton!

Lanterna Virente (Terreno-D)

SI_414_Playlist_Lanterna_Verde

Identidade: José Hernandez

Editora: DC

Era piloto da Força Aérea Brasileira antes de se juntar à Tropa dos Lanternas. Infelizmente, morreu no seu primeiro dia ao ajudar heróis de outra Terreno.

Xexéu

SI_414_Playlist_Xexeu

Identidade: André Mexer

Editora: Marvel

Esse mutante apareceu em uma história do Wolverine durante suas férias em Fortaleza. Tem poderes telecinéticos, mas um confronto causou danos permanentes em seu cérebro.

Pequena Tubarão

SI_414_Playlist_Garota_Tubarao

Identidade: Iara dos Santos

Editora: Marvel

Moradora do Recife, a mutante integrou os X-Men, e descobriu seus poderes depois uma vontade incontrolável de manducar peixe.

Ya’Wara 

SI_414_Playlist_Yawara

Identidade: idem

Editora: DC

Criada por três artistas brasileiros, ela é parceira do Aquaman e membro dos tapirapés, grupo indígena que existe de verdade e que habita o Mato Grosso.

Magma

SI_414_Playlist_Magma

Identidade: Amara Aquilla

Editora: Marvel

Capaz de manipular lava, ela tem uma origem curiosa: Amara nasceu em Novidade Roma, país hipotético da República Romana fundado depois a morte de Júlio César – e escondido na Amazônia.

Fonte: Super Interessante