05 Março 2020    

Arara-azul-grande (Andorhynchus hyacinthinus)

© naturepl.com / Staffan Widstrand / WWF

Convidamos você a participar de seleção para desenvolvimento de pesquisa sobre o marco regulatório e a capacidade das instituições brasileiras para combater o tráfico de animais silvestres, identificando pontos negativos e positivos e, ao final, apresentando propostas concretas para o aperfeiçoamento institucional e normativo. 

Esse estudo faz parte do projeto Combate ao Tráfico de Espécies Silvestres no Brasil, uma parceria entre o WWF-Brasil e a Freeland-Brasil que tem por objetivo reduzir o comércio ilegal da fauna e da flora. O projeto é constituído por três eixos estratégicos: aprimoramento de políticas e leis de proteção da vida silvestre; treinamentos e ferramentas para agentes públicos; e colaboração transfronteiriça para impedir o tráfico internacional.

A pesquisa sobre o marco regulatório e institucional – cuja metodologia deve obrigatoriamente incorporar a realização de entrevistas com especialistas e autoridades públicas, além da realização de uma oficina e de uma consulta pública para a discussão de resultados intermediários – compõe o primeiro eixo estratégico do projeto e tem por finalidade a apresentação de propostas consistentes e empiricamente fundamentas para o aprimoramento de políticas públicas. 

Os candidatos devem enviar a proposta considerando os itens e condições descritos na carta convite até às 23h59 do dia 26/03/2020, para o email: [email protected] – com cópia para: politicaspú[email protected] Para mais informações, acesse a carta convite.

Dúvidas podem ser esclarecidas até o dia 13/03/2020 pelo email: politicaspú[email protected]

O período estimado da consultoria será de 1 ano (período estimado de abril de 2020 a junho de 2021). 

Fonte: WWF Brasil