Desde seu nascimento, o Twitter é criticado pela forma com que muitas vezes pode parecer relapso na maneira como lida com o comportamento tóxico em sua plataforma. A companhia vem tentando criar mecanismos para evitar um ambiente com trolls e discursos de ódio nos últimos tempos, e uma das iniciativas nessa frente é o recurso “Esconder respostas”, que permite enviar para uma página secundária todas as interações que você não quer que fiquem exibidas com destaque em determinada postagem.

(GIF: Divulgação/Twitter)

A ferramenta esteve em fase de testes no Canadá em julho e passou por avaliações nos Estados Unidos e Japão em setembro. E, embora venha com boas intenções, causa certa controvérsia. Isso porque, para começar, ela avisa que todo o conteúdo está em outro lugar. Como há um ícone que já avisa isso, ter um alerta dedicado, mesmo que apenas na primeira vez de cada engajamento, pode chamar mais a atenção sobre o que está escondido do que se não houvesse aviso algum. Afinal, a curiosidade pode falar mais alto.

What is the point of people hiding unwanted tweet replies if twitter fills the screen with a giant pop-up calling attention to the fact that there are replies they have hidden, which can still be clicked through to view anyway? pic.twitter.com/YBy47jdZcN

-Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.-

— J. Scott Holland (@Telecrylic) October 13, 2019

Segundo porque o recurso pode também ser usado para “censurar” opiniões divergentes, que, na maioria das vezes, nem ofensivas são. E ainda há a possibilidade de que as pessoas marcadas com o ícone possam sofrer retaliações por ter escondido o que seus leitores pensam sobre o que elas escrevem.

Além do anúncio da novidade, o Twitter adiantou que está disponibilizado a API para que os desenvolvedores possam incrementar esse recurso. A companhia também vem testando outras alternativas de conversa, como quem pode responder ou ver certas interações. O “Esconder respostas” começa sua distribuição global nesta quinta-feira (21) e, aparentemente, ainda não chegou ao Brasil — mas deve aparecer nos próximos dias.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Chuva de meteoros pode ser vista do Brasil na madrugada de sexta-feira (22) Xiaomi | Novo carregador da marca vai de 0 a 100% de uma bateria em 17 minutos 5 motivos para comprar o Xiaomi Mi 9 Lite, que oferece ótimo custo-benefício LG lança G8X ThinQ, smartphone com duas telas, no mercado brasileiro Este pode ser o design da picape elétrica Tesla que a SpaceX quer levar a Marte

Source: Agora você pode esconder respostas em suas postagens no Twitter