*Atenção: este texto traz spoilers de The Mandalorian

No último dia 12, o serviço de streaming Disney+ estreou oficialmente nos Estados Unidos e já é um enorme sucesso, conseguindo mais de dez milhões de assinaturas em apenas 24 horas. E uma das responsáveis por todo esse sucesso é a série The Mandalorian, o primeiro spin-off para a TV com atores reais baseado no universo de Star Wars.

Mas, apesar de seu protagonista ser um caçador de recompensas mandaloriano com uma armadura do mal e que não gosta muito de conversa, nos dois episódios transmitidos até então não foi ele quem roubou o coração do público, mas sim aquilo que ele foi contratado para encontrar: o “Bebê Yoda”.

-Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.-

Em menos de uma hora de tempo em tela, o bebê da mesma espécie do mestre Yoda já roubou os corações não apenas de quem assiste a The Mandalorian, como também de toda a internet, e a criaturinha está sendo compartilhada pelas redes sociais como prova de que é possível usar efeitos especiais para o bem. Infelizmente, sabemos pouca coisa sobre o personagem em si, mas vamos explicar aqui tudo o que já se sabe desta que, possivelmente, será a criação mais fofinha de todo o ano de 2019.

Quem é o “Bebê Yoda”?

Apesar de chamarmos a criaturinha de “Bebê Yoda”, ela não é, exatamente, a versão infantil do Mestre Yoda. Isso porque a série The Mandalorian se passa alguns anos após os eventos do filme O Retorno de Jedi, que nos mostra a morte de Yoda por motivos de velhice. Assim, não há a menor possibilidade de que este bebê seja realmente o Mestre Yoda.

Mas por que a internet toda chama ele de “Bebê Yoda”?

Porque é preciso chamá-lo de alguma coisa, e “A Criança” — que é como os personagens da série chamam o personagem — é algo muito genérico para fazer sucesso no Twitter. Some a isso também o fato de a espécie alienígena da qual Yoda faz parte ser uma das poucas que nunca foi nomeada, seja de forma oficial ou no universo expandido (livros/HQs/videogames) que não é considerado canônico pela Disney. Então, como até hoje os fãs de Star Wars sempre chamaram essa espécie de alienígenas verdes, baixinhos e orelhudos de “a espécie do Yoda”, é natural que o primeiro bebê desta espécie introduzido no universo Star Wars seja chamado de “Bebê Yoda”.

Ele é o primeiro alienígena desta espécie, além do Mestre Yoda, a ser apresentado para o público?

Sim e não. Se formos considerar o universo expandido de Star Wars, existem outros quatro personagens desta espécie que já fizeram aparições importantes: Minch, Oteg, Vandar Tokare e Yaddle. Todos eles são Mestres e Cavaleiros Jedi, e alguns dos melhores lutadores e usuários da Força na galáxia.

Agora, se formos considerar apenas aquilo que é canônico, apenas três membros da espécie são mostrados de forma oficial aos fãs: o próprio Yoda, que é o mais conhecido deles e, até o surgimento de Anakin Skywalker (que se tornou Darth Vader), era considerado como o Jedi vivo mais poderoso; Yaddle, uma representante feminina da espécie, que também é uma Mestre Jedi e aparece durante alguns segundos na cena do Conselho Jedi no filme A Ameaça Fantasma; e, então, o “Bebê Yoda”, que é o terceiro membro da espécie nos apresentado de forma oficial, e o primeiro desde o próprio Mestre Yoda a ser uma parte importante da história.

Qual a importância do “Bebê Yoda” para Star Wars?

Essa parece ser a questão que está por trás de toda a primeira temporada da série The Mandalorian. Isso porque a espécie do Yoda nunca foi explicada — nem mesmo no universo expandido —, e não por falta de vontade dos fãs, mas sim por uma exigência do próprio George Lucas. O criador da saga Star Wars não via problema se autores e desenvolvedores de jogos que adquiriam licenças para criar obras baseadas na franquia criassem seus próprios personagens da espécie, mas ele fazia questão que nada nesses personagens revelasse qualquer coisa sobre uma possível cultura compartilhada por todos, ou sobre o nome real da espécie.

A única coisa que sabemos é que, entre aqueles que nos foram revelados, todos os membros desta espécie são exímios manipuladores da Força — e o episódio dois de The Mandalorian nos mostrou que isso também é verdade sobre o “Bebê Yoda”. Por enquanto, ainda não sabemos o quão importante ele será para a história de Star Wars como um tod — só sabemos que ele será, sim, importante.

De acordo com uma entrevista dada por Werner Herzog (que faz o papel do criminoso que contratou o Mandaloriano para encontrar o bebê), a história da identidade da Criança será “de partir o coração”, enquanto Jon Favreau (criador da série) confirma que o personagem terá bastante importância no cânone geral de Star Wars, bem como nos eventos que se seguem após Luke Skywalker ter matado todos os Sith existentes em O Retorno de Jedi.

O “Bebê Yoda” possui algum tipo de relação com o Mestre Yoda?

Isso é algo ainda incerto, mas bastante provável. Até porque as informações reveladas pela série são escassas, mas o pouco que temos aponta para esse sentido. A relação talvez não seja algo natural como poderíamos pensar (que o bebê seja filho de Yoda), mas sim algo muito mais sombrio: ele seria um clone do Mestre Jedi.

Primeiro que a ideia de um Jedi ter um romance não é apenas algo proibido para os que fazem parte da Ordem, mas algo que o próprio Yoda já se mostrou contrário: durante o filme A Vingança dos Sith, Yoda aconselha o então Cavaleiro Jedi Anakin Skywalker a abandonar os seus sentimentos pela rainha Padmé Amidala, pois a paixão carnal cria sentimentos de desejo e posse, e esses sentimentos podem acabar levando um Jedi para o Lado Negro da Força. Assim, seria muito estranho Yoda estar aconselhando o jovem Jedi a desistir dos prazeres da carne enquanto criava um filho por aí.

A hipótese de um filho do antigo Mestre Jedi é colocada em segundo plano não apenas porque não faz sentido no histórico do personagem, como porque as poucas pistas liberadas até agora apontam que o “Bebê Yoda” pode mesmo se tratar de um clone.

Antes de conhecermos o bebê é confirmado que a criaturinha tem 50 anos de vida (pode parecer muito, mas o Mestre Yoda morreu de velhice aos 900 anos, então faz sentido um alienígena desta espécie com 50 anos ainda ser um bebê). Isso coloca o nascimento do “Bebê Yoda” como algo que aconteceu dez anos antes do filme A Ameaça Fantasma, um período de tempo que os Sith, na figura do Senador Palpatine, já faziam os experimentos que resultaram no exército de clones responsável por matar os Jedi com a execução da Ordem 66.

Mais indícios que levam a crer na teoria do clone foram notados pelo site Screen Rant. No primeiro episódio da série, podemos ver que O Cliente (personagem interpretado por Herzog que contrata o protagonista para achar o bebê) está trabalhando junto com o Dr. Pershing, que é quem, no primeiro episódio, aparece no meio da negociação para garantir que o alvo seja trazido com vida. Mas o site percebeu que esse Dr. Pershing usa em seu uniforme um símbolo que o identifica como um Kaminoano, que são um grupo de cientistas conhecidos por suas experiências de clonagem — e que criaram o exército de clones usado para matar os Jedi. Por isso, tudo indica que o “Bebê Yoda” não seja uma criação natural, mas sim um clone criado a mando dos Sith — e, possivelmente, um clone do próprio Mestre Yoda.

Mas, infelizmente, isso é tudo que sabemos sobre o personagem. Muito mais deverá ser revelado sobre o personagem nos próximos episódios da série, e ficaremos atentos para qualquer novidade sobre ele que possa ter grandes implicações no universo da saga Star Wars.

Por apenas R$ 9,90 você compra com frete grátis na Amazon e de quebra leva filmes, séries, livros e música! Teste grátis por 30 dias!

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Chuva de meteoros pode ser vista do Brasil na madrugada de sexta-feira (22) Xiaomi | Novo carregador da marca vai de 0 a 100% de uma bateria em 17 minutos 5 motivos para comprar o Xiaomi Mi 9 Lite, que oferece ótimo custo-benefício LG lança G8X ThinQ, smartphone com duas telas, no mercado brasileiro Este pode ser o design da picape elétrica Tesla que a SpaceX quer levar a Marte

Source: "Bebê Yoda" | Tudo o que sabemos sobre o melhor personagem de The Mandalorian