Mudança pode beneficiar clientes e lojistas

Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (BC), afirmou na última quarta-feira (12), em entrevista à Globonews, que o órgão pensa em permitir saques de dinheiro em comércios, ao invés de apenas em bancos ou caixas eletrônicos. O executivo afirmou que o BC recebe diversas críticas de residentes de pequenas cidades que não possuem agências bancárias, o que faz com que a população tenha dificuldades em sacar dinheiro.

Reprodução

Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central – Foto: Veja

O saque funcionaria de forma que o cliente “compraria o dinheiro”. Com o cartão do banco, o consumidor faria o saque no comércio, pagando uma taxa de serviço. Segundo Campos Neto, a medida beneficiaria também os lojistas. Isso porque teriam redução no custo do transporte do dinheiro, já que parte dele seria sacada por clientes.

Atualmente, muitos lojistas contratam empresas de transporte para levar o dinheiro das vendas ao banco. Com a permissão para que qualquer pessoa com conta em banco possa sacar em lojas comuns, o volume de dinheiro nas lojas diminuiria, reduzindo custos e riscos. Campos Neto garantiu que o sistema ainda está em estudo e ainda não há previsão para que entre em vigor.

Via: Folha de S.Paulo

Dinheiro Bancos banco banco central

Compartilhe com seus seguidores

Fonte: Olhar Digital