Robô MAiA foi criado pelo Ministério Público de SP em parceria com a Microsoft

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) lançou nesta terça-feira 17, em parceria com a Microsoft, um chatbot para dar à população todas as orientações necessárias sobre relacionamentos e, principalmente, alertar as mulheres sobre os perigos de relações tóxicas e abusivas. 

Denominado MAiA – acrônimo de Minha Amiga Lucidez Sintético -, o robô pode ser encontrado no site do Namoro Legal, projeto sobre a violência contra a mulher criado em junho de 2019. Na página, também é provável encolher uma silabário com dicas sobre, por exemplo, porquê identificar um relacionamento condenável e o que fazer nesta situação.

Segundo a idealizadora do projeto e coordenadora do Núcleo de Gênero do MPSP, promotora Valéria Scarance, a novidade aborda a temática do relacionamento condenável com uma linguagem simples e alcançável ao usuário. 

“A MAiA foi elaborada para identificar as relações de violência, alertar as usuárias e compartilhar as informações (sobre porquê se proteger) para evitar casos de violência. Por isso a premência da linguagem correta”, explicou ao site Mobile Time.

Reprodução

Privacidade

Em dispositivos móveis, o robô conversacional funciona com navegação pelo site Namoro Lítico. A idealizadora do projeto não descarta a expansão para outras plataformas de mensageria, mas preferiu não fazer neste primeiro momento, para não manter os dados das usuárias.

Com a nuvem da Microsoft responsável por armazenar seu sistema, o bot contou também para sua geração as consultorias do Gavinha Group e Ilhasoft. O teor inserido no robô passou pelo aval do Comitê de IA e Moral em Engenharia e Pesquisa da Microsoft (AETHER).

Via: Mobile Time

Sites violência mulheres chatbot ministério público mulher relacionamentos robô

Compartilhe com seus seguidores

Fonte: Olhar Digital