O México deu mais um passo rumo à legalização da maconha com a proposta para a criação de uma empresa pública que teria o monopólio da comercialização da planta. Nesta terça-feira, o coordenador da bancada do Movimento Regeneração Nacional (Morena) na Câmara de Deputados, Mario Delgado, apresentou uma reforma que inclui a criação de uma estatal dedicada à compra e venda de maconha, assim como a possibilidade de que os mexicanos cultivem até seis plantas em suas casas.

Seguir leyendo.

Fonte: EL PAÍS – Edição do Brasil